Biblioteca Juracy Magalhães Jr. (ITA)

09/01/2018 10:00

Biblioteca o reduto de férias da jovem Maria Clara

Biblioteca o reduto de férias da jovem Maria Clara

Início de ano é sinal de férias escolares para estudantes em todo o país. Para a jovem Maria Clara (11), aprovada para o sétimo ano no Colégio São Luís, em Itaparica – Ba, esse é o melhor momento para aproveitar o espaço que ela considera como a segunda casa, a Biblioteca Juracy Magalhães Jr. (ITA).

“Em período letivo não consigo ir sempre à biblioteca, às vezes perco atividades por conta do horário e quando estou de férias aproveito esse momento ao máximo, leio bastante e adquiro mais conhecimento e amor para poder estudar”, disse a jovem.

Frequentadora da unidade desde os quatro anos de idade, Maria destaca que os “livros são passaportes de viagens”.

“O mundo me motiva a ler, meus pais e minha família me motivam a ler. Sempre procuro através da leitura levar um pouco do conhecimento para as pessoas. Não consigo viver sem ler, os livros são passaportes para viagens. Gosto de tudo da biblioteca, o ambiente me faz bem, é como fosse minha segunda casa, e o que mais gosto de lá são os livros e os eventos”, disse Maria.

Conhecida como a contadora de história oficial da Unidade, coordenada pela Fundação Pedro Calmon, ela busca histórias que possam levar o público a reflexão, e assim, ajudar a formar um país melhor. “Sempre opto pelos contos de fadas, as fábulas, histórias que tragam uma moral no final. Eu conto histórias para transmitir o amor que sinto e a sensação dos personagens, principalmente para as crianças, que assim como eu, são o futuro do país”, ressaltou.

Maria Clara foi apresentadora durante um ano do programa de rádio, Papo Reto com Maria Clara Cintra, que era transmitido pelas manhãs na rádio Tupinambá. Hoje a jovem se dedica a produção dos livros, O sonho que virou real, que conta a história de Madu, uma garota negra, pobre e do interior, que sonha em se tornar modelo, porém é vitima de preconceitos durante o percurso.

E a obra Quando eu fizer 18, que expõe, através de Dandara, personagem principal, a importância de ser vivida cada fase da vida. Na história Dandara tem pressa em completar 18 anos, porém quando realiza o sonho percebe o tanto que poderia ter vivido na infância.

“O primeiro passo para se tornar um leitor é procurar algo que goste, um tema que aprecie, e ler aos poucos, e assim vai tomar o gosto pela leitura. Escreva sobre um tema que goste também, se a pessoa quer escrever que ela comece lendo alguma coisa, pois terá mais facilidade e irá viajar”, destacou.

A família é a base para a formação dos jovens, “se não fosse meus pais e meus avós eu não sei o que seria. Eles estão em todos os momentos comigo, eles que contavam a história e me apresentou a leitura”. Ressalta Maria.

“Sempre frequentei biblioteca. Só quem vai ao espaço tem noção da importância dela para a sociedade, para as pessoas”, destaca Maury Cintra (66), pai da jovem escritora.

Com um acervo estimado em 23.443 títulos, além de obras de arte e históricas doadas pelo fundador da Unidade, o general Juracy Montenegro Magalhães, a Biblioteca Juracy Magalhães Júnior, localizada no centro de Itaparica, realiza diversas atividades como oficinas, contação de histórias, palestras, roda de conversa e muito mais. Há também o programa de rádio, Biblioteca no Ar, transmitido às terças-feiras, pela emissora Tupinambá FM 87.9.

Para conhecer o espaço, a Biblioteca funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e aos sábados das 8h às 12h.

Sistema - As bibliotecas públicas integram o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, gerido pela Fundação Pedro Calmon – Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA). O Sistema é composto por seis bibliotecas públicas estaduais localizadas em Salvador, sendo uma delas a Biblioteca de Extensão com duas unidades móveis, uma no município de Itaparica e uma biblioteca virtual especializada na história da Bahia (Biblioteca Virtual Consuelo Pondé). O Sistema também presta assistência técnica para mais de 450 bibliotecas municipais, comunitárias e pontos de leitura, além de cursos de capacitação para os funcionários destas unidades.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.