Programação Cultural

 .

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DE JULHO 2018 


ARTES VISUAIS


De 03 a 29 (8h30 às 18h30) – Exposição do IV Concurso de Escritores Escolares. Exposição da 4ª Edição do Concurso de Escritores Escolares, idealizado pela Diretoria do Livro e da Leitura da FPC, o concurso envolveu diversos alunos de escolas públicas dos Territórios de Identidade do Estado da Bahia. Somente nesta edição foram 1.170 inscritos das 60 cidades baianas participantes.  Foyer - Térreo.


De 03 a 31 (8h30 às 18h) – Exposição Bibliográfica: Independência da Bahia - 2 de Julho. Exposição sobre a história da Independência da Bahia, através de livros e periódicos, jornais antigos e algumas obras em destaque, como: 2 de Julho: a Bahia na Independência Nacional, de Socorro Targino Martinez e Marcelo Jatobá; 2 de Julho: a festa é história, de Lázaro Faria; 2 de Julho: a libertação do Brasil na Bahia, de Ubaldo Marques Porto Filho; História da Bahia, de Luís Henrique Dias Tavares; Bahia, de Luís Henrique Dias de Tavares; Uma história da cidade da Bahia, de Antônio Risério; Bahia século XIX, Uma província no império, de Kátia Mattoso. Periódicos - Coleção de Periódicos Raros e Valiosos datados do século XX. Sala de Exposição do 1° andar Setor Periódicos 

                                              

                                        CONTAÇÃO DE HISTÓRIA

 

Dia 06 (10h e 15h) – O soldadinho de chumbo do autor Hans Christian Andersen. Uma história de amor entre dois brinquedos: um soldadinho de chumbo que tinha uma perna só e uma linda bailarina. O destino acaba por separá-los quando o dono do soldadinho o coloca na janela do quarto para “proteger a casa do inimigo”.   Setor Infantil - Térreo. Facilitadora: Ioná Paixão.


Soldadinho

 

Dia 09 (10h e 15h) – O elefantinho acorrentado (fábula) do autor Jorge Bucay. A história de um elefante amestrado que não consegue arranca uma simples estaca do chão, à qual se encontra acorrentado. Porém, o narrador, ainda criança, questiona-se sobre este mistério que ninguém consegue desvendar: “Se está amestrado e por isso não foge, porque é que o acorrentaram?” Setor Infantil - Térreo. Facilitadora: Ioná Paixão.


Elefantinho

 

Dia 16 (10h e 15h) – Meu amigo Down da autora Cláudia Werneck. O livro conta histórias narradas por um menino que não entende bem por que seu amigo com síndrome de Down enfrenta situações delicadas. Setor Infantil - Térreo. Facilitadora: Ioná Paixão.


Down

 

Dia 30 (10h e 15h) – A alegre vovó Guida que é um bocado distraída da autora Tatiana Belinky. Este livro conta, em versos curtos, a história de Vovó Guida, uma avó muito distraída e bem-humorada que vive trocando a função das coisas.  Setor Infantil - Térreo. Facilitadora: Aline Pinheiro.


Guida


OFICINA

  

Dias 3, 10, 17, 24 e 31 (14h às 15h) – Oficina artística: Papietagem. Os participantes aprenderão técnicas de papietagem, decorando objetos, com colagem de papel. Setor de Revistas - 1º andar. Facilitadoras: Arlete Sodré e Silvia Clícia.


Papietagem

  

Dias 5, 10, 12, 17, 19, 24, 26 e 31 (9h às 12) - Oficina de Noções de Produção Cultural. Direcionado aos jovens estudantes da rede pública visa proporcionar  informações pertinentes a produção cultural. Setor Infantil - Térreo. Oficineiro: Adenilton Andrade.

 

Dia 5 (15h) –   Oficina Artística: A nossa bandeira. Os participantes confeccionarão, em mosaico, a bandeira do estado da Bahia, em comemoração ao 2 de julho. Setor Infantil - Térreo. Oficineira: Ioná Paixão.


Bandeira

 

Dia 10 (15h) – Oficina Artística: Confeccionando perbolim ou totó. Em comemoração a Copa do Mundo, os participantes confeccionarão totó/ perbolim com caixa de sapato e material reciclado. Setor Infantil - Térreo. Oficineira: Raquel Ávila.


Totó

 

Dia 14 (9h às 11h) - Oficina - Uso de blogs por Focas como experimento para a prática jornalística. A atividade apresentará a origem dos blogs e principais características do uso da ferramenta nos anos iniciais, desde sua popularização no Brasil e em algumas partes do mundo. Também será apresentado o uso de blogs por jornalistas, como cartão de visita e portfólio do trabalho jornalístico feito por Focas  (todo o jornalista recém-formado em início de carreira). Vagas limitadas. Solicite sua inscrição pelo email - viva.bpeb@fpc.ba.gov.br - Sala 3 - RECODE - 3º andar. Oficineiro: Raulino Júnior (jornalista).

 

Dia 19 (15h) – Oficina Literária: Sussurros poéticos. Os participantes irão decorar rolos de papel e declamar através desses rolos poesias previamente selecionadas com tema AMIZADE. Setor Infantil - Térreo. Oficineira: Ioná Paixão.


Sussurros


CINE VÍDEO

 

Dia 04 (10h e 15h) – O Corneteiro Lopes, direção de Lázaro Faria. Curta-metragem brasileiro de 2003, que reconta o conflito que ficou conhecido como a Batalha de Pirajá, que teve um papel decisivo na guerra pela Independência da Bahia. Vão do Foyer - Térreo.


Batalha

 

Dia 06 (10h e 15h) – A um passo da glória, direção de Michael Corrente. Gordon McLeod administra um pequeno time de futebol na Escócia e tem que enfrentar as pressões para trocar a base da equipe de cidade enquanto resolve desavenças antigas com a filha e confronta um ex-colega que o traiu. EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO FUTEBOL 19/7.   Vão do Foyer - Térreo.


A um passo

  

Dia 11 (10h e 15h) – Rock Star, direção de Stephen Herek. A comédia que se passa no universo do rock dos anos 80 conta a história de um vendedor de uma loja de materiais para escritório que é também cantor de uma banda cover. Sua vida muda para sempre quando é escolhido do nada para substituir o líder de sua banda favorita, a Steel Dragon. EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO ROCK MUNDIAL 13/7.   Vão do Foyer - Térreo.


Rock

 

Dia 13 (10h e 15h) – DOCUMENTARIOS SOBRE JOGADORES DE FUTEBOL: Pelé, o Eterno, direção de Anibal Massaini Neto. O documentário reúne raras imagens de arquivo e entrevistas para revelar a trajetória de um mito: Pelé. A vida do rei do futebol é mostrada através de depoimentos de ex-jogadores, amigos e membros da família.   Vão do Foyer - Térreo.


Pelé

 

Dia 18 (10h e 15h) – MANDELA: luta pela liberdade, direção de Bille August. Em comemoração ao nascimento do importante líder Nelson Mandela, apresentaremos o longa metragem “Mandela: luta pela liberdade”, que consiste uma adaptação do livro "Goodbye Bafana" que relata a vida de Nelson Mandela, líder negro preso durante o regime do APARTHEID - movimento de segregação racial adotado pelo governo sul-africano.  Vão do Foyer - Térreo.


Mandela

 

Dia 20 (10h e 15h) – DOCUMENTARIOS SOBRE JOGADORES DE FUTEBOL: Neymar Jr - A História de uma Estrela, direção de Alice Braga, Felipe Braga. Documentário sobre o Neymar Jr. desde seus primeiros dribles nas ruas da Praia Grande até os gols  pelo poderoso Barcelona!   Vão do Foyer - Térreo.


Neymar

 

Dia 27 (10h e 15h) – DOCUMENTARIOS SOBRE JOGADORES DE FUTEBOL: Garrincha a alegria do povo, direção de Joaquim Pedro de Andrade. Documentário sobre o mais famoso driblador do futebol brasileiro no apogeu de sua carreira; são mostradas cenas clássicas das Copas do Mundo de 1958 e 1962.  Vão do Foyer - Térreo. 


Garrincha



                                        CINE VÍDEO INFANTIL (CINEMINHA)

 

Dia 06 (10h e 15h) – Sing - Quem Canta seus Males Espanta direção de Garth Jennings. Um empolgado coala chamado Buster decide criar uma competição de canto para aumentar os rendimentos de seu antigo teatro. A disputa movimenta o mundo animal e promovem a revelação de diversos talentos da cidade, todos de olho nos 15 minutos de fama. Setor Infantil - Térreo.


Sing

 

Dia 13 (10h e 15h) – Trolls, direção de Mike Mitchell. Tronco (Justin Timberlake) parte para uma jornada de descobertas e aventuras ao lado de Poppy (Anna Kendrick), líder dos Trolls. Inicialmente inimigos, conforme os desafios são superados eles descobrem que no fundo combinam. Setor Infantil - Térreo.


Trolls

 

Dia 20 (10h e 15h) – Diário de um banana, direção de Jeff Kinney. Não é fácil ser criança. E ninguém sabe isso melhor do que o Greg Heffley, que se vê aprisionado na escola preparatória, onde fracotes minorcas dividem os corredores com miúdos mais altos e malvados que já fazem a barba. Inspirado na obra literária de Jeff Kinney, O diário de um Banana. Setor Infantil - Térreo.


Banana


Dia 27 (10h e 15h) – A vida é uma festa, direção de Lee Unkrich. Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar. Setor Infantil - Térreo.


Festa


CINE VÍDEO ACESSÍVEL - COM AUDIODESCRIÇÂO

 

Dia 30 (15h) – Brasil Verdade, direção de Geraldo Sarno, Maurice Capovilha, Paulo Gil Soares e Manuel Gimenez. O filme é uma compilação de 4 médias-metragens realizados entre 1964 e 1965 e lançados na forma de um longa de episódios em 1968, que veio a se tornar um dos clássicos do documentário brasileiro. Setor Braille -Térreo.


Brasil



ENTRETENIMENTO CULTURAL (Jogos, brincadeiras)

 

Dias 03 a 31 (10h e 15h) – Partidas de Xadrez, Dama e Dominó. Os jogos de tabuleiro incrementam a imaginação e a criatividade, educa a atenção e a concentração. Setor Infantil - Térreo. Facilitadora: Raquel Avila.


Xadrez

  

Dias 09 e 13 (10h e 15h) – Jogo online - 2 de Julho Tower Defense. Jogo desenvolvido pela Universidade Estadual da Bahia, com o intuito de apresentar de forma lúdica, fatos importantes da Independência da Bahia e sua importância para a Independência do Brasil. Sala 3 - Recode - 3º andar. Facilitador: Bruno Rodrigues.


Dias 23 a 27 (10h e 15h) – Brincadeiras Antigas. Resgate da cultura por meio de experiências com brincadeiras antigas, tais como: amarelinha, dança das cadeiras, corrida do limão, passa anel. Setor Infantil - Térreo. Facilitadora: Raquel Avila.


Brincadeiras

  

EVENTO

 

Dias 10, 11 e 12 (08h30 às 12h e 14h às 17h30) - Angico: 80 Anos - O Crepúsculo do Cangaço. Seminário sobre o “Massacre de Angico”, acontecimento histórico que assinala a morte de Virgulino Ferreira da Silva, Lampião, da sua companheira, Maria Gomes de Oliveira, Maria Bonita, e de outros componentes do famoso bando de cangaceiros que transitava em vários estados nordestinos. Sala Kátia Mattoso - 3º andar. Parceria: UNEB.

  

Programação 

10 de Julho - terça-feira

 8h30 - Abertura Oficial

Composição da Mesa: Reitor da Universidade do Estado da Bahia ou Representante Coordenador do Centro de Estudos Euclydes da Cunha - CEEC; Comandante da Policia Militar ou Representante; Presidente da Fundação Pedro Calmon ou Representante; Diretora da Biblioteca Pública do Estado da Bahia ou Representante. 

9h - Os Acontecimentos de Angico: Conferência de Abertura - José Bezerra Lima Irmão - Escritor e Pesquisador

10h - Como Nasceu o Cangaço:  Roda de Conversa -  Coordenação - Manoel Neto (CEEC/UNEB); Luitgarde Oliveira Cavalcante Barros (UERJ); José Bezerra Lima Irmão - Escritor e pesquisador; Oleone Coelho Fontes - Escritor e pesquisador.

11h - Filme - Cangaço a Italiana: Mostra de Cinema -  Apresentação e Comentários - Roque Araújo

12h30 – Encerramento.

11 de Julho - quarta-feira

8h30 - Depoimentos: Coordenação - Udinéia Braga - Professora 

Lampeão e Maria Bonita:  Vera Ferreira - Neta de Lampião e Maria Bonita

A História de Corisco e Dada: Indaia Santos - Neta de Corisco e Dada

9h30 - Comunicações: Coordenação - Marta Leone

As volantes - A face oculta do cangaço: Major Raimundo Marins

Os Meninos do Cangaço: Vicente Rivelino Figueiredo da Silva

Horas abertas, corpos fechados: A religiosidade do cangaço: Miguel Teles

10h30 - Documentários sobre o cangaço PM/BA

Mostra de cinema

Apresentação e comentários - Major Raimundo Marins

Massacre de Queimadas

O Policial Militar de 100 anos

Das volantes a “CIPE – CAATINGA”

12h10 - Intervenções

12h30 – Encerramento

12 de Julho - quinta-feira

14h - Documentos da PM/BA sobre o Cangaço – Século XX

Palestra

Alicia Duhá Lose (UFBA)

15h10 - Roda de Conversa

Coordenação - Dalton Soares

O Cangaço na Mídia

Kiko Monteiro - Blog Lampião Aceso

Luciana Savaget - Jornalista e escritora (Rede Globo)

O Cangaço no Jornal Impresso

Luis Rubem - Escritor e pesquisador

A Música no Cangaço

Perfelino Neto - Radialista e pesquisador (Rádio Educadora da Bahia)

Encerramento: Concerto Musical - Orquestra da PM - Soldado Lima.

 EXPOSIÇÕES 

 Matérias de Jornais sobre o Cangaço - Exposição Digital

Acervo Luiz Rubem Bonfim 

A Logística das Volantes

Acervo PM/BA 

Exposição Bibliográfica sobre o Cangaço

Acervo da Biblioteca Central do Estado da Bahia

 

Dia 14 (09h às 17h) - Board Games – Partidas de RPG de mesa. O objetivo do evento é fazer com que jovens e adultos tenham acesso ao desenvolvimento do jogo de mesa conhecido como RPG. A ideia é apresentar o jogo e suas qualidades para um público com idade entre 10 e 25 anos. Será utilizada uma literatura própria para o desenvolvimento do jogo. Quadrilátero. BCEB e Grupo Matilha RPG.


Dia 17 (16h) - Palestra As Lutas pela Independência Brasileira: O 2 de Julho na BahiaO historiador Marcelo Siquara abordará as manifestações populares que tiveram desfecho no dia 02 de julho de 1823, com a Independência da Bahia, que foi um dos mais intensos movimentos contra a dominação portuguesa no Brasil.

 

Dia 25 (15h) - Empreendedorismo para jovens. Jovem e com vontade de empreender? Você tem uma ótima ideia de negócio, mas tem medo de colocá-la em prática por se achar muito jovem e inexperiente? A BCEB em parceria com o SEBRAE/BA irá promover uma tarde de informações sobre o assunto, pois atualmente está cada vez mais comum o fenômeno do empreendedorismo entre jovens. Sala Kátia Mattoso - 3º andar. Parceria: SEBRAE.


Dia 28 (09h às 12h) – Curso de Telemarketing para jovens. Facilitador - Lourival Aguiar. Sala 01 - 3º andar da Biblioteca Central do Estado da Bahia. A atividade visa contribuir com a comunidade jovem, a se capacitar, para a conquista do primeiro emprego e adquirir novas habilidades para o tão disputado mercado de trabalho.

  

SUGESTÃO DE LEITURA

 

A Vaca e o hipogrifo do autor Mario Quintana. Pequenas anotações, crônicas, pensamentos, aforismos, epigramas, notas memorialísticas, poemas e prosas  totalizando mais de 250 pequenos textos com  assuntos variados, além de retomarem as obsessões típicas do autor.


A vaca

 

Apontamentos de história sobrenatural do autor Mario Quintana. Constituído de  poemas geralmente curtos e em versos livres, sonetos e odes e de poemas em prosa, com 3 aprofundamento de reflexão sobre o tempo e a morte, dois temas recorrentes nos livros de Mario Quintana.


Apontamentos


Baú de espantos do autor Mario Quintana. Poemas que falam de vida e morte, começo e fim, mar e céu. O livro discorre sobre a possibilidade do  (fim da vida, fim das coisas simples) demonstrando saudosismo. Junto com a ideia de navegação, impõe-se a imagem do menino eterno do autor. O garoto sonhador sempre retorna nos versos do autor, seja como objeto, seja como o sujeito que fala.


Os livros encontram-se disponíveis na biblioteca.




 

 

Recomendar esta página via e-mail: