Programação Cultural

BJMJRSALVADORBANNER

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DE JULHO 2018

 

 

 ARTES VISUAIS

 

De 04 a 30 (segunda a sexta 8 às 17h e aos sábados das 8h30 às 12h) - Vitrine Cultural Lampião e Maria Bonita: Amor e Morte no Cagaço. A Vitrine retrata o cangaço de Lampião, seu romance com Maria Bonita e o desfecho da morte do casal e seu bando, através de imagens, textos, livros, literatura de cordel e poesias. A atividade comtempla o Projeto 80 Anos de Morte de Lampião e Maria Bonita. Curadoria: Maria José Leal.

 

De 07 a 31 (segunda a sexta 8 às 17h e aos sábados das 8h30 às 12h) - IX Exposição de Cultura e História Americana: Picturing USA. Exposição de pôsteres do material “Picturing America” e “Picture US” que engloba uma coleção de trabalhos artísticos da história e cultura americana, desde a década de 1920. Picturing America é um projeto do National Endowment for the Humanities (NEH). Meg Virgínia.

 

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA

 

Dia 10 (09h) – Dois de Julho: A Bahia na Independência do Brasil do autor Maurício Pestana. A história em quadrinhos, narrada de maneira lúdica e educativa leva ao público um momento de encantamento, entretenimento e reflexão. A atividade contempla o Projeto em Comemorações ao Dois de Julho. Facilitadora: Maria José Leal.


Dois


Dia 18 (9h) - A menina chamada Alegria da autora Bernadeth Argôlo. Narrativa de história infantil despertando no público o prazer da leitura, o imaginário, a curiosidade e grandes emoções. Essa atividade contempla o Projeto Dia do Escritor. Facilitadora: Márcia Rebouças.


Menina

 

OFICINA

   

Inclusão Digital de Usuários de Saúde Mental. Curso de informática básica para portadores de transtornos mentais. Parceria entre o CAPS II Oswaldo Camargo e BJMJr. Oficineiro: Ilton Rode de Oliveira.

09/07 (9h) -  Introdução a informática básica

16/07(9h)  -  Introdução ao pacote Office

23/07(9h)  – Introdução a Internet

30/07(9h)  – Introdução as Redes Sociais.

                   

Dia 27 (14h) - Oficina Literária: Saudações às Vovós - Projeto Viver Mais. O projeto "Viver Mais", é uma iniciativa da BJMJR visando à inclusão sociocultural de Idosos. Homenagem ao Dia da Vovó. Oficineiras: Ester Ferreira - Escritora e poetisa e Lisa Magalhães - Cantora e atriz.


Vovós

 

Dia 23 (14h) - Aulão Básico de Francês - Projeto Bom de Cuca. O projeto “HumanaMente.”É uma iniciativa da BJMJr para  inclusão sociocultural de Pessoas com Transtornos Mentais. Oficineira: Rosemary Andrade.


Conecta

 

CINE VIDEO

 

Dia 24 (14h) -  (PER)CURSOS PATRIMONIAIS II - Cortejo Dois de Julho Caminhos da Independência. Esse documentário visa valorizar o patrimônio cultural baiano, promovendo sua difusão e conscientização acerca da Independência da Bahia.  Essa atividade contempla o Projeto em Comemorações ao Dois de Julho. Documentário FPC.


Cortejo

 

ENTRETENIMENTO CULTURAL

   

De 03 a 31 (Segunda a sexta das 9h às 16h) - Passatempo Cultural: Jogos, brincadeiras. Atividade lúdica educativa, que evidencia datas comemorativas do mês: Independência da Bahia (02), Dia dos Avós (26). Facilitadora: Odete Machado.


Passatempo

 

EVENTO

 

Dia 25 (14h) - Palestra: Dois de Julho Questões econômicas e Políticas na Independência da Bahia. O palestrante André Luis abordará os aspectos políticos sociais, econômicos e a participação popular, no processo da Independência da Bahia.

 

Dia 13 (14h30) - Concerto Educativo. O Coral Itaigara composto por jovens alunos do colégio Anchieta, trará um repertório variado, desde canções da nossa rica música popular às obras clássicas universais. Regente: Maestro Alcides Lisboa.


Conserto


Dia 25 (15h) - Música na Biblioteca. O Coral do Colégio São Paulo apresentará um variado repertório no encerramento do Lançamento do Livro Brincando de Inventar. Regente: Maestro Alcides Lisboa.


Conserto

 

SUGESTÃO DE LEITURA

 

Apologia de Sócrates - Banquete do autor Platão.  O livro aborda o evento do julgamento e condenação do filósofo, bem como sua bela defesa: em vez de defender sua vida, defendeu suas ideias e a integridade de sua consciência. Ano 2002

 

Morte no litoral: Um crime quase perfeito da autora Nadia São Paulo. Olívia sempre foi uma garota muito solitária. Rejeitada pela família, pelo grande amor da sua vida e por uma amiga da escola. Aos treze anos de idade, resolve fugir de casa para tentar um futuro melhor. Mas, as coisas não acontecem exatamente como ela imagina, e sem opção, acaba passando quase um ano vivendo como menina de rua. Ano: 2009.



Os livros encontram-se disponíveis na biblioteca. 


Recomendar esta página via e-mail: